Marceneiro Microempreendedor Individual MEI

Você sabe o que é ser um marceneiro MEI?

Caro amigo marceneiro essa matéria é para você que nos dias atuais gostaria de entender como legalizar seu negócio e se tornar um marceneiro MEI, ou um Micro Empreendedor Individual.

Para alguns é algo de outro mundo, altamente burocrático…

Seja você um marceneiro hobbysta ou um profissional liberal, existe uma regulamentação que oferece algumas vantagens em relação a profissão.

Em suma, antigamente tudo era bem exclusivo, só empresas grandes solicitavam empréstimos com maior facilidade, tinham CNPJ, contratavam e etc…

Mas hoje as coisas mudaram, você pode ter uma pequena marcenaria, ou mesmo prestar serviços, e ser um microempreendedor individual reconhecido como uma pequena organização.

Organizei vários pontos importantes nessa matéria, de forma simples e prática.

Veremos hoje como funciona tal regulamentação e você vai avaliar se é  ou não vantajoso.

Sobre tudo, tenha em mente que ser um marceneiro MEI é um processo de regulamentação.

Se você é marceneiro profissional liberal, possui uma pequena marcenaria e quer expandir, emitir notas fiscais, conseguir empréstimos e ter direito a aposentadoria…

Tornar-se um marceneiro MEI (microempreendedor individual) possa ser uma alternativa interessante.

O que é MEI?

Visto que, é uma plataforma de empreendedorismo sem burocracia. A Forma mais ágil de regulamentar o trabalhador autônomo.

A Proposta do MEI é tirar o trabalhador da irregularidade, formalizando sua situação junto ao governo e criando assim vantagens para esse pequeno empresário.

VALE A PENA SER UM MARCENEIRO MEI?

Vantagens em ser um marceneiro MEI:

  • Ter um CNPJ;
  • Direito de contratação;
  • Legalização;
  • Benefícios previdenciários;
  • Isenção de impostos;
  • Descontos tributários;
  • Facilidades para obter empréstimos:
  • Emitir contratos e notas fiscais;
  • Licença maternidade;
  • Auxilio Doença;
  • Aposentadoria.

Em virtude da falta de informação acerca da proposta, é comum o marceneiro não entender e diversas vezes não conhecer o programa. Muitos iniciam na profissão com pequenos serviços, e a medida que crescem, permanecem na irregularidade.

Em síntese tenha em mente:

  • Para um marceneiro se tonar MEI é necessário ter lucro inferior a R$81’000,00/ ano ou R$6’750,00/ mês;
  • Não ser sócio ou titular de nenhuma empresa, possuir no máximo 1 funcionário;
  • Atuar em uma atividade descrita no anexo XIII da Resolução nº 94/2011, que conta as atividades permitidas para (http://www.portaldoempreendedor.gov.br/);
  • O cadastro é realizado via internet.

                                                                                                                                                             Passo a passo no caso de Marcenaria:

  • Primeiramente, o marceneiro deve providenciar o alvará de funcionamento da marcenaria junto a prefeitura de sua cidade, e conferir qual o tamanho do seu negócio, adequando assim as especificações da prefeitura;
  • Entrar no portal e realizar o cadastro com RG, CPF, título de eleitor e a declaração anual de imposto de renda e (inserir ocupação de marceneiro);
  • O empreendedor deve ter em mente que terá que arcar com custos mensais. E terá que imprimir a DAS (carnê).

Pagamento mensal:

R$ 47,70 (INSS)+ R$ 5,00(ISS) + R$ 1,00 (previdência)= R$53,70(DAS).

Embora ser um marceneiro MEI, traga vantagens, bem como possa trazer desvantagens para alguns…

 Desvantagens em ser um marceneiro MEI:

  • Limite de funcionários – Apenas 1 colaborador, para algumas marcenarias é muito pouco;
  • Aposentadoria limitada;
  • Custo para fechar empresa, se caso queira cancelar o MEI;
  • Custo fixo – Independente de lucro de sua marcenaria, o pagamento sempre existirá(R$53,70), ao contrário de trabalhar com regime CLT. Pois tais regimes não obrigam o pagamento dependendo da situação de lucro.
  • Limite de expansão – Dependendo do crescimento, o marceneiro MEI no futuro terá que migrar para outro regime, que se alinhe a sua situação vigente. Nessa mudança surgira outro valor de contribuição e outras especificações

Mas é interessante ter em mente que isso não é uma regra. Pois quem vai avaliar o melhor modelo de empresa ou serviço é você, amigo marceneiro.

Portanto no portal do empreendedor encontra-se as especificações detalhadamente, não deixe de conferir.

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/Busca?q=MEI

O assunto é polêmico não deixe de dar sua opinião a respeito!

2 comentários em “Marceneiro Microempreendedor Individual MEI

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.