Dicas de como comprar madeira maciça

,Quais pontos devemos checar na hora de escolher madeira maciça?

A madeira maciça é a matéria-prima mais robusta para trabalhar na indústria moveleira.  No entanto, passa por um processo especial antes de receber o corte, o ornamento e a instalação.

Sendo assim, é muito importante que o marceneiro saiba os pontos mais relevantes na hora da compra, pontos estes que poderão influenciar na finalização do projeto.

Quero bater um papo com você e trazer um pouco de minhas experiências com a madeira maciça, uma vez que trabalhei muitos anos com esse rico e elegante produto.

Quem me ensinou a trabalhar com o insumo foi meu pai, e posso afirmar, existe uma sabedoria muito especial envolvida neste trabalho.

A madeira maciça é uma matéria-prima pura e não possui fragmentos sintéticos, sendo altamente durável e de personalidade própria.

Mas é necessário entender os cuidados ao lidar com ela, uma vez que envolve uma preparação especial, desde o momento da compra até a sua utilização.

Quero dividir com você, caro amigo, um episódio que vivi no passado, para enriquecer nosso assunto.

Certa vez, acompanhei a instalação de pisos de madeira maciça, em uma casa que se encontrava na etapa final de sua construção.

Observei que marceneiro responsável fez tudo absolutamente perfeito. Eu faria todo o procedimento da mesma maneira.

Porém, após algum tempo, mesmo com toda a técnica envolvida no projeto, houve abertura de fendas de um centímetro entre as pranchas.

Não consegui entender o motivo, pois volto a afirmar, o responsável fez tudo com muito zelo e a técnica estava perfeita.

Entrei em contato com meu pai, que é um marceneiro especialista, expliquei o ocorrido e ele fez perguntas aparentemente irrelevantes, em minha opinião:

”Quando essa madeira foi cortada?”

“Como é o desenho das fibras da madeira?”

“Como estavam armazenadas estas pranchas?”

Um bom marceneiro analisa todo o processo, desde a escolha da matéria-prima até sua instalação e finalização.

Certamente tal história ocorreu há tempos, mas este conhecimento temperado por uma sabedoria dos antigos marceneiros e lenhadores, pode sim ser utilizado atualmente.

Bem, vamos voltar à nossa história. Depois de entender e analisar cuidadosamente os questionamentos de meu pai, cheguei a conclusão de que as fendas no piso se deram em função da umidade interna da madeira.

Com o passar dos dias ocorreu a secagem da madeira e em seguida a movimentação das placas fixadas no solo.

Todas, surpreendentemente diminuíram de tamanho.

Para trabalhar com madeira maciça devemos sempre procurar informações sobre armazenamento, características de secagem, transformação e operação.

É fundamental a escolha da prancha correta, principalmente, no que diz respeito a umidade, que é algo que deve ser checado no momento da compra.

Como escolher a madeira correta?

Primeiramente, certifique-se de que a madeira que está comprando seja proveniente do manejo sustentável, ou seja, se ela possui o certificado de legalização, o FSC (Forest Stewardship Council – em português, Conselho de Manejo Florestal).

Este certificado garante que a madeira foi extraída legalmente, sem prejudicar nossas florestas.

Atente-se ao teor de umidade:

  • A umidade deve estar entre 8 e 12%, se estiver acima disso é uma madeira úmida, que irá encolher no decorrer do tempo.
  • Existem medidores específicos para esse procedimento, mas caso você não possui pergunte para o vendedor quando a madeira foi cortada. Para cada 2,5 cm de espessura é necessário 1 ano para secar completamente.
  • A matéria-prima deve estar seca para utilização.

 

Fungos:

  • Os fungos podem prejudicar a madeira no decorrer do tempo. Além disso, a presença de fungos está associada ao apodrecimento da madeira, lembrando que a umidade tem grande influência neste processo. 

Atenção às fibras:

  • As fibras são as linhas que visualizamos na chapa. Elas devem estar distribuídas para apenas uma direção. Este detalhe irá otimizar o acabamento do projeto, compre madeira com fibras que siga uma única direção.

Armazenamento:

  • Checar com o fornecedor como é feito o armazenamento da madeira. Elas devem estar devidamente protegidas do sol e da chuva e portanto, muito bem separadas;
  • Se caso as pranchas estiverem guardadas na horizontal é necessário que estejam separadas uma a uma. Neste caso, utilize tabiques para agilizar os processos de secagem. Desta forma, ela não irá empenar e com certeza, terá secagem uniforme;
  • Se caso o fornecedor optar por secar as pranchas na vertical, interessante é que todas estejam devidamente separadas também.

Observe a forma da prancha:

A prancha deve ser plana. Coloque sobre uma mesa e observe se ela realmente se encontra nesta condição.

É importante entender que um bom marceneiro não se prende a fatos momentâneos, mas observa o projeto como um todo.

Para quem está começando no ramo, sugiro a leitura desta matérias:  Marceneiros iniciantes: 6 dicas para os primeiros passos.

E você? Como aproveita estes materiais em seus projetos?

Compartilhe suas experiências e práticas aqui nos comentários e aproveite o nosso grupo do Facebook para se inspirar! Um abraço e até logo.

 

2 comentários em “Dicas de como comprar madeira maciça

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.